Historia de Pescador Por João Medeiros
Post:
Tucunarés no inverno com meu pai em Anaurilândia-MS (julho/2016)

Fala pessoal! Após um bom tempo, tive a oportunidade de ir pescar com meu pai novamente. Ele já pescou muitas vezes no Pantanal, Ayolas, Argentina, etc, porém sempre com iscas naturais nas modalidades apoitado e rodada. Essa seria sua primeira pescaria com iscas artificiais e primeira vez de tucunarés, então o local escolhido não poderia ser outro, Pousada Estância Zé Tacca em Anaurilândia-MS, ás margens da Represa Sergio Motta, Rio Paraná.

Escolhemos uma data atípica, primeira semana de julho, para tentar comprovar que pode-se fazer boas pescarias de tucunaré em pleno inverno.

Fomos então eu, meu pai Abilio, meu irmão Pedro e o amigo Sérgio. Chegamos na pousada na sexta-feira no final da tarde e já fizemos um ótimo churrasco na áerea do chalé.

Saímos no sábado eu e meu pai com guia Edvaldo, mais conhecido como ''Xoxa'' e meu irmão e Sérgio com o guia Danilo, ambos muito recomendados.

Pedro, Sérgio e Danilo.

Dia com muito sol, água limpa e pouco vento.

Porém a água estava muito fria por causa da queda da temperatura durante as noites, nesses casos a melhor estratégia é usar iscas pequenas de meia-água e trabalhar lentamente.

Nesse dia meu pai estava treinando os seus primeiros arremessos com carretilhas, além do trabalho das iscas. Foi pegando o jeito facilmente e no final do dia já estava pescando certinho!

Com insistência, foram saindo os tucunarés. Esse foi o maiorzinho da manhã:

Encontramos um cardume de pequenos tucunarés e fez com que meu pai sentisse as primeiras pegadas dos bocudos, foram alguns peixinhos como esse:

Destaque para um bonito azul que abocanhou a isca do meu pai mas escapou.

Na hora do almoço, optamos pelo churrasco no barranco:

Ao contrário do que esperávamos, na parte da tarde as ações diminuiram mas fui presenteado com esse grande tucunaré amarelo de 47cm. Briga intensa!

E já no final do dia, em um raseiro ao lado da pousada, o guia Xoxa avistou um peixe nadando, mas a missão de arremessar ali entre as paliteiras e não enroscar era quase impossível. Arremessei com os meus dois primeiros conjuntos e enroscaram já na caída da isca mesmo sendo de superfície, então peguei o conjunto do meu pai que ele tinha acabado de desenroscar, troquei por uma zig zarinha e finalmente acertei o arremesso entre as estruturas, foram três explosões na superfície e conseguimos embarcar o trofeu do dia, tucunaré azul de 50 cm!

Assim encerramos o primeiro dia:

No segundo dia, encontramos os peixes nas margens das ilhas:

Tivemos muitas ações e encontramos vários cardumes onde era comum fisgar vários peixes no mesmo ponto. Capturamos muitos tucunarés durante todo o dia!

Meu pai capturou bons tucunas e ainda perdeu um grande amarelão que escapou no salto!

Um belo azulzinho:

Fica aqui meu agradecimento ao guia Xoxa por toda atenção e empenho:

Um brinde para encerrar essa ótima pescaria:

No outro barco, meu irmão Pedro e o Sérgio com o guia Danilo acertaram um ótimo dia com muitos cardumes de tucunarés amarelos e azuis:

Agradeço a meu pai, meu irmão e ao amigo Sérgio pela companhia e ao Fernando proprietário nos atender muito bem como de costume.

Equipamentos:

Vara Redai Taipan 5'7 17lbs + Carretilha Venator + Linha Seaguar Smack Down 40lb + Leader Seaguar 30 lbs

Vara Redai Black Mamba 5'8 14lbs + Carretilha Venator SE + Linha Seaguar Smack Down 40lb + Leader Seaguar 30 lbs

Vara Redai Viking 5'8 17 lbs + Carretilha Venator + Linha Seaguar Smack Down 40lb + Leader Seaguar 30 lbs

Iscas:

Curisco 70, Bora 10, Brava 90, X-rap 8, Kingfisher Flash, Zig Zarinha.

Pousada Estância Zé Tacca:

(67) 99917-8465

(67) 98121-2608

Muito obrigado a todos e até a próxima História de Pescador!