Historia de Pescador Por João Medeiros
Post:
Tambacus explodindo na superfície! Toca do Jacaré (agosto/2014)

Olá amigos(as)! Depois de algum tempo, voltei ao Toca do Jacaré, pesqueiro que fica a 15 minutos da minha casa, no final do mês de agosto/2014. As notícias eram animadoras, com a inatividade das tilápias e atividade dos tambacus, a época de agosto e setembro é propícia e perfeita para a pesca com bóia cevadeira e miçanga.

Meu amigo Marcio David do FIshingtur achou o mapa do pesqueiro no Googe Earth e achei interessante detalhar as medidas do lago principal, muito grande! O ideal é usar varas com medida entre 2m e 2,70 para atingir longos arremessos.

Nesse dia pescamos das 12h às 18:30 exclusivamente na modalidade com bóia cevadeira. Foi impressionante a quantidade de tambacus que subiram para comer, e para melhorar, as tilápias estão bem devagar, subindo bem menos na ceva, não atrapalhando a pesca de tambacus como fazem  no verão.

A cegonha estava pescando também, de olho nas tilapinhas da margem:

Por azar, os quatro primeiros peixes simplesmente escaparam, mas logo depois engatei, um tamba ''criado'', meis de trinta minutos de briga: Na sequência de fotos, a beleza natural do lago se destaca.

E não parava de tomar linha!

Paixão pelos tambas! Na linha e na camisa!

Depois de uma longa briga, se entregou!

Tambacu de 21kg! Pesado na balança digital:

Hora de voltar pra água!

Vídeo da soltura do ''monstrinho'':

Mesmo invativas nessa época, algumas tilápias também aparecem, porque não bater uma foto de uma delas?

Começou então, uma ventania descomunal e ficando impossível de pescar com cevadeira tivemos que dar uma pausa na pescaria. Mas no final da tarde o vento parou aí as ações voltaram com tudo! Alguns tambacus com peso entre 12 e 15kg:

Engatei mais um belo tambacu, e com meu parceiro André, tiramos o peixe. Tambacu de 20,5kg pesado na balança digital!

Na foto acima, reparem a quantidade de tambacus comendo a ceva perto das cevadeiras.

Grande amigo e pescador André ''dentinho'', tiramos juntos esse peixe!

Depois peguei um tambacu de 13kg:

Reparei ao chegar em casa e ver a foto acima, de que se tratava do mesmo peixe que capturei a um mês atrás, quando gravava para o Programa Mundo da Pesca do meu amigo Guily. Isso só comprova a eficiência do Pesque & Solte!

Enquanto eu soltava esse peixe, Paulo pegou meu equipamento e deu um último arremeso só para ''testar'' minha nova carretilha. Aí ele acertou mais um peixe dos grandes! Tambacu de 22kg:

Parabéns Paulo!


Vai pra vida negão! Tive o prazer de soltá-lo:

Voltamos algumas semanas depois, já no começo do mês de Setembro/2014, e novamente tivemos muita ação de grandes tambacus na cevadeira.

Nosso amigo David acertou um tamba de 19,5kg:

Pegamos alguns tambacus e pacus menores, sem foto, mas logo depois acertei um belo peixe com 16kg:

Depois nosso amigo David acertou mais um tamba e eu mais um, belo dublê:

Os peixes estavam comendo demais, entre fisgadas perdidas e linhas arrebentadas, acertei um belo tambacu com 20,5kg, peixe lindo, saudável, mereceu uma sessão de fotos:

No final do dia, depois de perder vários peixes por puro azar, nosso amigo Ademir pegou um belo tamba de 17kg, saí na foto com ele!

Isso aí pessoal! Duas rápidas tardes com muita ação no Pesqueiro Toca do Jacaré em Londrina-PR, pescando exclusivamente com bóia cevadeira.

Equipamento:

Vara Okuma Reflexions 2,70m (9´0) + Carretilha Curado 201 DHSV + Linha Super Bass Soft 0,37mm + Bóia cevadeira Barão 65g + Chicote 0,40mm de 3,5m + Bóia ''guia'' + 3 e.v.a's boleados na linha (presos com palito de dente) + Anzol Mini Shiner número 1 com miçanga café-com-leite revestida com pó de ração.

Muito obrigado a todos e até a próxima História de Pescador!