Historia de Pescador Por João Medeiros
Post:
Chuva, vento e tucunarés na Estância Zé Tacca em Anaurilândia-MS (dez/2015)

Fala pessoal! Após alguns meses, na última semana do ano de 2015, retornei para a Estância Pousada Estância Zé Tacca, em Anaurilândia-MS, às margens do Rio Paraná. Esse sem dúvidas é o meu local preferido para pescar em toda a região da represa Sérgio Motta.

Para chegar é simples, após a passar a ponte de Presidente Epitácio-SP que liga os estados de SP e MS, vá até Bataguassú-MS e entre na estrada que liga a cidade até Anaurilândia-MS, nessa estrada ande exatos 53 km que verá a placa da pousada à esquerda, sentido contrário da pista, dali serão mais 10km de chão até a pousada.

As notícias eram boas, na semana anterior fez muito sol e calor, e mesmo com muito vento, em locais abrigados nas ilhas estavam saindo muitos bons tucunarés-azuis e amarelos, com destaque para esses dois peixes de 63cm e 57cm, respectivamente, que o amigo Guily Alvares pegou alguns dias antes, ambos na superfície:

Programa completo:

Chegamos no dia anterior já a noite, debaixo de muita chuva, o jeito foi relaxar e fazer um belo churrasco na área do chalé.

Chegando no quarto uma novidade muito boa estampada na parede, a cota de abate dos tucunarés da Pousada Zé Tacca que já era pequena ficou ainda menor. A mesma estabeleceu recentemente uma cota máxima de 1 tucunaré azul por pessoa/dia, já incluso na cota da pousada estipulada em 6 peixes por barco/dia. Isso é, se o pescador não for 100% esportivo e quiser embarcar peixes, só pode matar 3 exemplares por dia, caso esteja pescando em dupla.

A maioria das pousadas da região incentivam a matança e se exibem com enormes fieiras e abate descontrolado e sem limites de tucunarés desde o filhote (abaixo da medida de 35cm) ao grande (matriz reprodutora), isso porque a espécie não é protegida por lei na região. Algumas outras pousadas estipulam uma cota de 15kg barco/dia ou 10 exemplares, sem fiscalização rígida e sem nenhuma proteção específica aos grandes tucunaré azuis.

Mesmo sabendo que perderia parte do movimento dos clientes que matam peixes, o proprietário Fernando Tacca pensou a longo prazo, visando o futuro e buscando preservar a rica região que ele opera.

De acordo com a aceitação dos pescadores/turistas a intenção no futuro é decretar a cota zero na pousada, sendo exclusiva para pescadores 100% esportivos, onde o consumo seria apenas no local. Mas hoje, por culpa da mentalidade de alguns pescadores, isso não é possível e se torna inviável para a pousada.

Então fica aqui minha dica, se você é pescador esportivo deve apoiar e frequentar pousadas que apoiem o pesque e solte e a preservação, e a Estância Zé Tacca é uma delas.

Vamos para a pescaria, choveu e ventou muito durante a noite, mas mesmo assim saímos para pescar no primeiro dia, debaixo de chuva e vento:

Estávamos em dois barcos, no primeiro eu, Paulo e o guia Fabinho, e no outro os amigos Rodrigo e Marcos e o guia Choxa. Vamos para água:

Guia Fabinho, grande conhecedor, educado, prestativo e totalmente à favor do pesque e solte. Recomendo:

Tempo feio:

Começamos o dia pescando nas estruturas abrigadas pelas ilhas, são pauleiras, lagoas e taboas protegidas do vento. Por lá encontramos vários tucunarés amarelos com direito a alguns na superfície.

Paulo:

Meu primeiro peixe do dia foi um belo tucunaré-azul que fez um grande rebojo e tomou muita linha antes de escapar. Provavelmente por causa do temporal da madrugada a água turvou e reparamos que os peixes ficaram manhosos. Alguns dos peixes que registrei nesta manhã:

Ainda perdemos mais alguns bons azuis, que escaparam no salto, e fisgamos alguns azuis pequenos, sem fotos.

Como estava chovendo na hora do almoço, o churrasco que faríamos na ilha foi abortado e voltamos para a pousada.

No outro barco, diferente de nós, embarcaram os bons azuis que fisgaram, algumas fotos do Rodrigo:

Voltamos para a pescaria na parte da tarde, e tivemos algumas boas ações nos locais abrigados, porém de tucunarés amarelos. Engatei mais um azul que escapou no salto, e logo em seguida o Paulo embarcou o dele, na isca zig-zarinha:

No final do dia ele ainda acertou um dos maiores amarelos que já vi, com mais de 50 cm de comprimento:

Encerramos nosso primeiro dia de pesca satisfeitos pois tivemos boas capturas, e ações onde perdemos peixes grandes, e ainda tivemos vários estouros na superfície, mesmo que as condições climáticas não tivessem ajudado. Muitos exemplares não foram registrados com fotos devido à chuva.

Após mais um ótimo churrasco, fomos dormir com a esperança de tempo melhor no segundo dia, porém de madrugada veio um temporal daqueles derrubando tudo que estava do lado de fora do quarto, muita chuva e vento.

Fomos pro rio mas com pouco tempo de pescaria nosso experiente guia Fabinho nos alertou do tempo que estava se formando, indício de temporal chegando. Sem pensar duas vezes ligamos o motor e voltamos para a pousada.

Mesmo com muitas ondas durante a navegação, por nossa sorte e com muito alívio chegamos antes do fortíssimo vento sul chegar, que veio derrubando tudo junto com uma chuva torrencial, fazendo com que encerrássemos nossa pescaria antes do esperado, pescando apenas um dia.

Aqui fica uma dica importantíssima: Sempre pesque nessa região com guias experientes, ele é fundamental para sua segurança no rio. Outro detalhe importante é a utilização do colete salva-vidas.

Assim fechamos o ano, em um dos locais que mais gosto. Mesmo tendo pescado o primeiro dia debaixo de chuva e ter perdido o segundo dia, com certeza valeu muito a pena, pelo churrasco, amizades, belos peixes no pouco tempo que pescamos e a impecável receptividade e atendimento do proprietário Fernando. Até breve Estância Zé Tacca!

* Para ver mais fotos e ler matérias anteriores de pescarias minhas no local, clique nos links abaixo:

Estância Zé Tacca (Abril 2015)

Estância Zé Tacca (Setembro 2014)

 

Contato da Pousada (Fernando Tacca):

(67) 9917-8465

(67) 8121-2608

 

Equipamentos:

Vara Redai Black Mamba 5'8 14lb + Carretilha Venator SE

Vara Redai Taipan 5'6 14lb + Carretilha Venator

Linha Seaguar Smack Down 40lb

Iscas: Zig Zarinha, Bonnie 95, Brava 90, Kingfisher Flash e Jerk Shad 110 (essa última foi muito efetiva, usando somente para cobrir ataques não concretizados na superfície).

Muito obrigado a todos e até a próxima História de Pescador!